sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

Bruschetta Baiana?!?

Estranho né? Quem poderia ter cometido tal sacrilégio?! Eu, claro!

Acredito que já deu pra perceber que não sou o tipo de cara que gosta das receitas convencionais na cozinha, gosto de inventar, palpitar e ousar.

Um dia, fui convidado por um amigo meu para ajudar a preparar o jantar de seu aniversário. Trata-se de um tarado por frutos do mar, o mesmo que afanou a minha receita de batata, lembram? Ele comprou quilos e mais quilos de tudo que vocês possam imaginar que venha do mar.

Ao chegar na cozinha do camarada, me coloquei a cozinhar que nem louco, fazendo de tudo pra dar conta de tanto marisco, camarão, lula, polvo, etc.

Foi no meio dessa insanidade que me veio a idéia de criar uma bruschetta baiana e para minha surpresa todos adoraram!

Que os italianos me perdoem, mas a bruschetta nasceu para ser baiana!
  • 10 Fatias de 2cm de pão italiano
  • 2 Dentes de alho
  • 200g de Camarão 7 barbas
  • 200g de Lula em anéis
  • 200g de Mexilhões pequenos sem casca
  • 1 Pimenta dedo-de-moça
  • 200ml de Leite de côco
  • 50g de Cebola roxa em cubos pequenos
  • Coentro picado finamente à gosto
  • 50g de Pimentão vermelho em cubos pequenos  
  • 1 Tomate débora em cubos pequenos
  • 20ml de Azeite de Dendé (opcional)
Em uma frigideira bem quente, coloque o azeite de dendé (se preferir, use azeite comum) salteie rapidamente a lula, o camarão e os mexilhões (se forem mexilhões vivos, coloque-os em água fervente até abrirem a concha e retire-os). Reserve.

Na mesma frigideira, refogue a cebola, o tomate, o pimentão e por último a pimenta picada s/semente (se quiser mais ardido coloque as sementes). Depois de refogado, junte os frutos do mar e depois o leite de côco.

Esfregue o alho nas fatias de pão e leve ao forno para tostar levemente (as torradas devem ficar crocantes, porém macias por dentro).

Coloque os frutos do mar por cima das torradas (seja generoso!) e depois polvilhe coentro por cima.

Provem, tenho certeza que vocês vão concordar comigo que a bruschetta nasceu para ser baiana!

4 comentários:

Erick Lé disse...

Definitivamente a melhor receita do Chef Lee que eu provei ....

Marcos Lee disse...

Que bom que você gostou! Espero criar algumas receitas melhores ainda...

Skinhead disse...

Otima receita lee abração

Sandra disse...

Que isso!!!!!! Bruschetta baiana????
Vou fazer já. Parabens chefe Lee. Esbarrei no seu blog atrás de receitas com Nirá e deparo com essa felicíssima idéia de bruschetta.
Adoreeeeeeei. Parabéns de novo. Seu blog é simples, gostoso, tudo de bom.