terça-feira, 19 de outubro de 2010

Famiglia Grandi Osteria - Cantina fantástica, mas escolha o prato certo!

Faz semanas que eu ensaiava visitar um restaurante escondido lá em pinheiros; sempre passava na frente, olhava a fachada diferentona e pensava comigo: "Esse lugar deve valer a pena parar e experimentar"; mas não sei porque raios nunca parava! Talvez porque não tenha um vallet na porta ou porque sempre que passava por lá, estava apressado, enfim, não sei o motivo mas sei que perdi muito tempo!




Se liga na fachada!
 
Finalmente depois de quase ir lá várias vezes, fui e logo quando entrei, de cara com uma balcão cheio de antepastos, daqueles de dar vontade de carregar a geladeira nas costas para casa.

Ok, a foto não tá uma beleza, mas já da para babar!
Depois de babar uns 2 minutinhos em frente aos antepastos, fui sentar numa mesa no salão superior; ali descobri que tem uma varanda super gostosa (que a anta aqui esqueceu de tirar uma foto!), que eu passaria fácil minha tarde de sexta toda lá bebendo um vinho e desencanando do trabalho!

Sentei numa mesinha e enquanto esperava um amigo meu (que por acaso se atrasou 40 minutos), comecei a analisar o lugar (que estava vazio), quando vi no alto da escada uma idéia simples e legal, aproveitaram dois escorredores gigantes de macarrão e montaram um lustre.


Eu sei, não é a coisa mais linda que já vi, mas a idéia continua sendo boa!
O tédio da espera foi quebrado quando chegou o couvert (que eu pensava que viria alguns daqueles antepastos que vi na entrada); uma cesta com uma foccacia tradicionalíssima, grissinis com semente de erva doce, outros com pimenta (que o garçom não soube me dizer qual) e fatias de pão italiano (Basilicata), daqueles cascudos e um potinho de manteiga. Perfeito, simples mas tudo muito bem feito.

Cestinha tentadora!
Depois do couvert e de ler todo o cardápio, decidi pedir uma porção de arancini de mortadela e mussarela. Mais uma vez me surpreendi, pensava que viria um bolinho de arroz pesadão, mas na verdade veio um arancini super bem feito com recheio (embora sendo mortadela) de sabor suave e um molhinho de tomate para acompanhar, bem fresco e gostoso.

Se, liga nos arancinis!
Quase no final dos arancinis meu amigo resolveu aparecer (que droga, porque eu mataria sozinho fácil a porção!) e depois de 10 minutos de papo e de detonar toda a cesta de pães, resolvemos pedir o prato.

Nessa altura do campeonato, não tinha mais fome.

A maioria das opções são para duas pessoas, bem estilão cantina tradicional, massas, carnes, tem de tudo! As massas, não são produzidas lá, e no cardápio vem especificado qual a marca de cada massa servida (algo que eu acho que todo restaurante deveria fazer).

Mas eu e meu amigo fomos um tanto burros e ao invés de pedir uma massa ou alguma especialidade da casa, resolvemos pedir um peixe. Mega erro!

Não vou comentar sobre o prato, porque acho perda de tempo, mas afinal, quem vai numa cantina e pede peixe?


Morrendo de tanto comer, ainda guardei forças para provar a pastiera. Para quem gosta deste doce (que nem é tão doce assim), vale pedir lá. Cheia de frutas, ela é bem feita e fez eu esquecer o erro do pedido do peixe!


Não coloquei os preços dos pratos, porque esqueci de anotar, mas não é nada salgado. Por pessoa deve sair em média R$50,00.

Enfim, o Famiglia Grandi Osteria é um achado, vale muito a pena ir.  Só não cometa o erro de pedir peixe como eu!

Famiglia Grandi Osteria
Rua Cunha Gago, 864, Pinheiros
Tel.: (11) 3814-1106

6 comentários:

Liliam disse...

Você está numa fase "arredores da cunha gago"!!! Le Pin, Famiglia Grandi... :) Adorei as Dicas!!!!

Marcos Lee disse...

É que eu frequento bastante as redondezas!

Bjos

Equipe TesteBar disse...

Não cometerei o msm erro pois não gosto de peixe... :)

Anônimo disse...

Caro Marcos,

não cometa o erro que postar uma crítica, comentar que a escolha do restaurante foi despretenciosa ("restaurante escondido lá em pinheiros" etc.) e não informar que trata-se de um restaurante do Piero (o filho, antigo dono da Osteria do Piero) um dos mais conhecidos cantineiros de São Paulo. Soa merchan...

Gosto do seu blog e sempre acompanho suas receitas...porém pintou uma "pulga atras da orelha" com este seu post.

Espero que seja apenas isto: "uma pulga" que logo vai embora.

Estou atento.

Abraços,
Guilherme.

Marcos Lee disse...

Guilherme, que bom que gosta das minhas receitas e me acompanha no blog!

Quanto a sua pulga atrás da orelha, é realmente apenas uma pulga, afinal não ganho nem um centavo com este meu blog(gostaria de ganhar, mas...), pelo contrário, gasto muito para poder experimentar minhas receitas e visitar lugares que acho gostosos e ai postar aqui.

Quanto ao não citar o Piero, acho irrelevante, não vou nem sugiro um restaurante pelo o que o dono representa, afinal o que está em jogo para mim é pura e simplesmente a comida (claro, que o ambiente conta bastante!).

Acho importante dizer e esclarecer que a escolha foi sim despretenciosa e que não falei mal do peixe servido, pois aqui no meu blog quero apenas passar à vocês leitores as dicas boas e não ficar criticando (deixo isto para os jornalístas), afinal acredito que os donos dos lugares os quais escrevo nem devem saber da existência deste blog, logo não poderão nem se defender de tal crítica!

Espero ter tirado sua pulga de trás da orelha! Abs

Anônimo disse...

Ok. Obrigado pela resposta. Continuo acompanhando o blog.