terça-feira, 28 de setembro de 2010

Fritada com Brie e Tomate. Mais que uma simples omelete!

Esse final de semana, contrariando a lógica do "tá frio, então fico em SP", desci para a praia. Claro que sabia que a chuva iria me acompanhar, mas a intenção de descer para praia esse último sábado, era de simplesmente cozinhar, beber e afiar minhas faca com tranquilidade, coisa que eu já estava enrolando a tempos!

Sai carregado de utensílios e sacolas rumo a praia, o que foi até motivo de risada, afinal eram apenas 2 dias de viagem e, dentre várias coisinhas que preparei (que ao longo dos dias vou contando à vocês por aqui), resolvi primeiro dividir com vocês a minha receita do domingo de manhã (na verdade já eram 14:00!), que embora simples, sei que muita gente não sabe preparar ou  pelo menos se complica durante o processo. Estou falando de uma fritada, que aqui no Brasil chamamos geralmente de omelete, porém um termo errado, afinal a omelete tem algumas diferenças, mas isto deixarei para outro dia explicar!

Já vi prepararem omeletes (vou chamar assim, porque é como todo mundo conhece) de todas as formas, já vi também muito omelete virar ovo mexido, porque no meio do caminho a coisa desandou. Então vou mostrar o jeito mais fácil de se preparar, garanto que você nunca mais vai errar e ainda de quebra vai deixar sua família ou amigos boquiabertos com sua mega habilidade na cozinha!

Fritada com Brie e Tomate

  • 4 Ovos
  • 50ml de Creme de Leite Fresco
  • 1 Tomate maduro
  • 150g de Brie
  • 10g de Manteiga integral sem sal
  • Sal à gosto
  • Pimenta do Reino à gosto
Comece cortando o brie em cubos e o mesmo com os tomates (sem pele é melhor, mas dá trabalho e sem sementes). Quebre os ovos numa vasilha e bata bem com ajuda de um garfo ou fouet. Misture o creme de leite e bata mais um pouco, não é para aerar os ovos, mas para deixar tudo bem homogêneo. Tempere com sal e pimenta do reino e adicione o queijo e os cubos de tomate.

Numa frigideira antiaderente (de preferência de paredes retas), derreta a manteiga e espalhe uniformemente com um papel toalha.

Com o fogo baixo (leia se quase sem chama!), despeje a mistura e tampe.

Pode relaxar, vá tomar uma cerveja (bom, se for de manhã, vá preparar seu café!) e esqueça por lá cerca de uns 15 minutos, não precisa mexer e nem dar um de curioso e abrir a tampa!

A fritada vai crecer um pouco e vai cozinhar perfeitamente. Vire sobre um prato ou uma tábua e sirva.

Neste dia, acrescentei fatias fininhas de um salame artesarnal picante que meu amigo comprou. Ficou fantástico.

3 comentários:

André disse...

Marquinhos, sou a prova de que essa fritada ficou fantástica!

Débora disse...

Hmmm me deu água na boca! Fritada é uma delícia! Quero por em prática essa receita! Bjjss

Marcos Lee disse...

Débora, coloca em pratica junto com os pães que vc anda fazendo! Vai ficar bem bom!!!

Bjos